Mercado brasileiro de produtos para os cabelos desacelera em 2013

Esse segmento deve terminar o ano com crescimento de 7% a 10% em volume e de 10% a 14% em valor, na comparação com o ano passado, segundo levantamento da Euromonitor. É um ritmo menor do que o apurado em 2012, quando avançou 18,7% em receita, movimentando US$ 9,3 bilhões.

A tendência é que a alta dos volumes seja mais modesta nos próximos anos, segundo a consultoria responsável pelo estudo. Isso ocorre porque a penetração dos itens nos lares brasileiros já é alta. Há, agora, um caminho de sofisticação do consumo no segmento, o que pode elevar o crescimento em receita.

O maior crescimento deve vir de produtos de tratamento para o cabelo, como óleos e ampolas de hidratação, e de outros produtos pós-shampoo. São categorias com menor presença nos lares e cuja variedade de itens tem crescido no varejo. Duas das líderes do mercado, Unilever e Procter & Gamble, estão impulsionando o desenvolvimento dessas categorias com o lançamento de produtos ‘profissionais’.

Acompanhadas da L’Oréal, as multinacionais possuem uma fatia cada vez maior do mercado de cuidados com os cabelos. Ao final de 2012, as três empresas detinham 47% da receita do segmento, quatro pontos percentuais a mais que o verificado no ano anterior, conforme a Euromonitor.

Por: Supermercado Moderno

By | 2017-05-29T06:46:28-03:00 03 janeiro, 2014|Categories: Consumo, Mercado, Pesquisas, Varejo|Tags: , , , |0 Comments

About the Author:

Mestre em Economia, especialização em gestão financeira e controladoria, além de MBA em Marketing. Experiência focada em gestão de inteligência competitiva, trade marketing e risco de crédito. Focado no desenvolvimento de estudos de cenários para a tomada de decisão em nível estratégico. Vivência internacional e fluência em inglês e espanhol. Autor do livro: Por Que Me Endivido? - Dicas para entender o endividamento e sair dele.

Leave A Comment

Avada WordPress Theme