Linhas móveis em serviço têm queda de 3% em abril

O Brasil encerrou abril de 2019 com 228,63 milhões de linhas móveis em serviço, redução de 3% em 12 meses (-7,07 milhões). Segundo a Anatel, as linhas móveis pós-pagas registraram um total de 102,85 milhões de unidades em operação (44,89%). O resultado, no segmento, segue a tendência de crescimento, aumento de seis pontos percentuais de participação em 12 meses, resultado de um acréscimo no volume de linhas pós-pagas de 12,44% (com adição líquida de 11,37 milhões de unidades). Em relação às linhas pré-pagas, o balanço aponta queda de 12,79% (redução de 18,44 milhões de unidades) totalizando 125,78 milhões em operação no mês passado. O desempenho impactou na queda consolidada do número de linhas do serviço.

Prestadoras

O balanço da Anatel indica que, em abril passado, os grandes grupos da telefonia móvel representavam 97,42% do mercado (222,75 milhões de linhas em operação): a Vivo registrou 73,58 milhões, seguida da Claro (56,37 milhões), da TIM (55,20 milhões) e da Oi (37,58 milhões).

O balanço também aponta que nos últimos 12 meses todas elas apresentaram redução na base de assinantes: TIM perdeu 4,06% (2,33 milhões de desconexões); seguida pela Claro (-4,43% ou 2,61 milhões de linhas); Oi (-3,20%, ou 1,24 milhão de linhas) e Vivo (-1,98%, ou 1,48 milhão de linhas).

As Prestadoras de Pequeno Porte (PPPs) também tiveram o crescimento interrompido no mês de abril, quando o número de assinantes caiu 5,59% (redução de 348,31 mil assinantes). No entanto, no período de 12 meses, o segmento ainda sustenta um resultado positivo, com crescimento de 11,59% (aumento de 610,85 mil linhas móveis em operação), totalizando 5,87 milhões de linhas em abril de 2019.

Do total de assinantes das PPPs, 58% pertencem à Nextel (3,44 milhões). Ela apresentou crescimento de 15,71% em 12 meses (467,43 mil assinantes). A Datora, também PPP, totalizou 429,19 mil assinantes em abril de 2019 com um crescimento de 84,38% (+196,41 mil assinantes). A Porto Seguro, ainda contabilizada na base da Anatel, apresentou uma queda de 45,04% (286,08 mil desconexões) fechando o mês de abril com 349,06 mil assinantes.

Por: Mobile Time

By | 2019-05-25T13:09:36-03:00 25 Maio, 2019|Categories: Mercado|Tags: , , |0 Comments

About the Author:

Mestre em Economia, especialização em gestão financeira e controladoria, além de MBA em Marketing. Experiência focada em gestão de inteligência competitiva, trade marketing e risco de crédito. Focado no desenvolvimento de estudos de cenários para a tomada de decisão em nível estratégico. Vivência internacional e fluência em inglês e espanhol. Autor do livro: Por Que Me Endivido? - Dicas para entender o endividamento e sair dele.

Leave A Comment

Avada WordPress Theme